Notícias Coronaví­rus

Câmara Brasileira da Indústria da Construção lança campanha para reforçar a luta contra a Covid-19

atualizado em 04/01/2021

No início da pandemia da Covid-19, a construção civil adotou protocolos que levaram maior segurança aos canteiros de obras de todo o país. Destaque do 92º Encontro Nacional da Indústria da Construção (ENIC), o ministro da Economia, Paulo Guedes, corroborou a importância da iniciativa, ao reconhecer o papel decisivo da construção no combate à Covid-19 e no bom desempenho do setor. Como continuidade da ação, a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC) dá início nesta quinta-feira (17) a uma campanha para reforçar a luta contra o novo coronavírus e convoca empresários e trabalhadores da indústria da construção e a sociedade a não baixarem a guarda.

“Vocês têm sido realmente parceiros em toda essa guerra da pandemia, com um papel decisivo. A indústria da construção atravessou toda a crise criando empregos e preservando vidas, devido às boas práticas e aos bons protocolos que utilizou, enquanto todos os outros setores caíram”, afirmou Guedes, ao destacar a iniciativa, durante o painel online ‘Cenário Econômico Pós-pandemia’ do 92º ENIC, no dia 3 de dezembro, que ainda pode ser assistido na plataforma do evento.

Não vamos baixar a guarda!

A campanha visa incentivar toda a comunidade da construção civil, empresários e trabalhadores a manterem os protocolos e cuidados que se mostraram exitosos e que levaram à inexistência de casos de Covid relacionados ao setor.

Desde março, a CBIC tem estimulado ações para manter o setor ativo e oferecido o ferramental necessário para que as empresas possam proteger o trabalhador e sua família para o enfrentamento do cenário imposto pela pandemia. “A manutenção das atividades foi discutida com os sindicatos dos trabalhadores da construção civil, atendendo ao objetivo de proteger a saúde dos funcionários e manter emprego e renda”, relembra o presidente da CBIC, José Carlos Martins.

Como resultado da acertada iniciativa, o setor se destacou como o maior gerador de empregos no Brasil. Foram mais de 138 mil novas vagas no período de janeiro a outubro de 2020. Além disso, a redução dos juros e as medidas adotadas pelo governo para o enfrentamento da crise contribuíram para um crescimento considerável do mercado imobiliário com o aumento de 8,4% nas vendas de imóveis novos no País nos primeiros nove meses do ano, em comparação ao mesmo período do ano passado.

Importante destacar que o setor já obedece a um protocolo rigoroso de segurança e saúde do trabalhador – com o uso de EPIs, luvas, máscaras, capacete, óculos, entre outros –, e que a adoção de todas as medidas de segurança no setor, em nível nacional, contribuiu até o momento para um baixíssimo nível de infecção em obras, o que permitiu a manutenção das atividades de construção, e não apenas a preservação, mas a geração de novos empregos.

“Evitar a contaminação dentro do ambiente de trabalho tem dado certo e, por isso, não podemos esmorecer, não podemos baixar a guarda, não podemos deixar de ter cuidado”, defende o presidente da Comissão de Política de Relações Trabalhistas (CPRT) da CBIC, Fernando Guedes Ferreira Filho, responsável pela campanha.

Liderada pela CPRT/CBIC, a iniciativa pretende reforçar às empresas e aos trabalhadores do setor da construção a consciência do seus papéis e a importância de manterem a adoção dos protocolos de segurança para continuar evitando a disseminação do vírus, protegendo pessoas, famílias e bens.

“A proteção e a cautela devem ocorrer não somente nos canteiros de obra, que são ambientes controlados e que as empresas já têm adotado todos os protocolos de segurança, mas também nas ruas, no transporte coletivo e em casa. Todos, empresários e trabalhadores, têm que fazer as suas partes, têm que continuar se protegendo e protegendo seus familiares e amigos”, alerta Guedes.

Mas não é só isso. É fundamental entender a importância da prática de ações simples de prevenção, como o uso constante de máscaras, o hábito de lavar as mãos com sabonete ou higienizar com álcool em gel e a importância do cuidado com o distanciamento social. “Isso, além de salvar vidas, permite que as atividades continuem com segurança, o que é bom para o País”, reforça o presidente da CPRT/CBIC.

Para manter o sucesso da iniciativa, mais uma vez a Câmara Brasileira da Indústria da Construção convida empresários, trabalhadores e sociedade a se unirem contra o coronavírus. Acompanhe todo o desdobramento da campanha nas redes sociais da CBIC e participe!

A iniciativa integra o projeto ‘Elaboração e atualização de materiais orientativos para a indústria da construção’, da Comissão de Política de Relações Trabalhistas da CBIC, em correalização com o Serviço Social da Indústria (Sesi Nacional).

Fonte: CBIC

Compartilhe


Publicidade

Parceiros

Receba por e-mail

Cadastre-se e receba nossas newsletters.

+ -